segunda-feira, 30 de julho de 2012

Nito, de Dark Souls, quase me matou.

Pastor, eu era um 'gamer'. Tinha um PS3 e um Xbox 360, dois videogames realmente Hardcore ( Wii é coisa de poser e de criança). Era fã de muitos jogos como Gears Of War, Uncharted , Resident Evil 5, Splinter Cell: Double Agent, Assassin's Creed, ou seja, somente jogos difíceis, que não são pra crianças bobas e tal. Pelo menos era assim que eu pensava.


Um tempo atrás me deparei com um jogo que foi muito aclamado pelo mídia, chamado Dark Souls (almas negras), uma continuação de um outro jogo, de nome Demon Souls, que significa almas do demônio, ou seja uma clara indicação ao satanismo. Eu não tinha religião definida nessa época, me dizia católico mas não praticava( como 80% dos católicos e 90% dos Flamenguistas), então nem reparei na alusão as coisas do demônio no jogo. De cara o game é bem bonito graficamente. Mas essa beleza de detalhes é uma armadilha. Você surge como um morto-vivo em um asilo e seu objetivo é fugir dali. Obviamente se trata do inferno. Você deve enfrentar os outros atormentados, no fim degladiando-se com um demônio gigante que guarda a saída do local. Em vão, porque você não sai do tormento, vai somente para outro local no inferno ( como está na Bíblia em Lucas 16:26). Enfim, eu sabia a sinopse do jogo, essa que acabei de contar ( pesquisei na internet), então estava pronto para começar a me divertir. Em menos de 10 minutos de jogo já havia morrido 3 vezes. Poxa, como gamer hardcore que sou não me dei por vencido e continuei a jogar. Mais de duas hora de jogo sem sair do lugar. Até o mais reles zoumbi me matava. Puto da vida, tirei o dvd do Xbox e taquei pela janela. Tomei meu Nescau Power quentinho que mamãe faz, bem docinho, com mais duas colheres de açucar, e fui dormir.

Naquela noite tive um sonho estranho. Vi Gravelord Nito, um dos chefes do jogo, em uma cripta envolta em chamas, circundado por muitos Taurus Demons, todos portando machados flamejantes de mais do dobro do seu tamanho. Ele se virou na minha direção e eu disse 'Nito, é você?'. 'Não sou Nito, sou a morte, sou seu fim' ele respondeu e veio voando pra cima de mim. Tentou me acertar com um golpe de foice mas eu dei um rolamento para o lado( eu estava de roupas, ou seja, menos de um quarto do meu equip load). A lâmina pegou de raspão no meu rosto. Ele voltou a vir para cima, me chutou e cai para trás. Então ergueu sua foice para me finalizar. Nesta hora soou uma voz em minha mente que dizia assim ( em inglês): Impact Priest has invaded your world. O ceifador se virou para olhar para algum canto e foi atingido por diversos disparos brilhantes, como poderosas Great Heavy Soul arrows ( pareciam Leigan's do Yusuke no final do torneio das trevas). O autor dos disparos, pude ver, era negro e usava um manto branco luminoso. A morte então desistiu de mim e partiu para cima dele, tentando lhe acertar, mas ele evadiu-se dando um rolinho para o lado. Aquele homem, que devia ser um clérigo, ergueu-se, apontou sua arma, uma magnum 357 cromada, e cuspiu tiros no monstros que deu um gritinho de 'ai' e virou pó de enxofre. Nesse momento eu acordei.  Me levantei ainda tentando me recobrar daquele sonho estranho. Quando acendi a luz, vi o dvd de Dark Souls ao lado da minha cama! Mas eu o havia jogado pela janela! Ainda muito assustado, fui ao banheiro lavar o rosto e no espelho vi uma marca vermelha e fina na minha cara, no mesmo lugar onde a foice me pegou de raspão! Sai correndo e gritando pela casa, devo ter acordado a vizinhaça toda. Então meu vizinho, que é evangélico da IPI, veio aqui oferecer sua ajuda. Ele aplicou um óleo em mim, me orou e juntos queimamos o dvd do jogo de satanás.

No dia seguinte fui a IPI mais próxima daqui e marquei meu batismo com o Pastor João Lucas Rodrigues. Com certeza aquilo não foi um mero sonho. Por causa do jogo, abri caminho para uma maldição e a morte queria me pegar. Tenho até certeza que o clérigo que me salvou com os disparos era o grande Pastor Aricleine, que já ressucitou 3 vezes e muitas já quase matou Satanás. Graças a Deus fui salvo dessa maleita! Video-games são coisas do demônio! Pax

12 comentários:

Anônimo disse...

hahahahahahhahahaa

Anônimo disse...

Hã iihhhhhhh

Anônimo disse...

Neste episódio. De hoje é jogo de vídeo game satânico no oferecimento disapel a mais simpático
Depois do. Reclames do plim pim
PLIM PLIM

Um tempo atrás me deparei com um jogo que foi muito aclamado pelo mídia, chamado Dark Souls (almas negras), uma continuação de um outro jogo, de nome Demon Souls, que significa almas do demônio, ou seja uma clara indicação ao satanismo. Eu não tinha religião definida nessa época, me dizia católico mas não praticava( como 80% dos católicos e 90% dos Flamenguistas), então nem reparei na alusão as coisas do demônio no jogo. De cara o game é bem bonito graficamente. Mas essa beleza de detalhes é uma armadilha. Você surge como um morto-vivo em um asilo e seu objetivo é fugir dali. Obviamente se trata do inferno. Você deve enfrentar os outros atormentados, no fim degladiando-se com um demônio gigante que guarda a saída do local. Em vão, porque você não sai do tormento, vai somente para outro local no inferno ( como está na Bíblia em Lucas 16:26). Enfim, eu sabia a sinopse do jogo, essa que acabei de contar ( pesquisei na internet), então estava pronto para começar a me divertir. Em menos de 10 minutos de jogo já havia morrido 3 vezes. Poxa, como gamer hardcore que sou não me dei por vencido e continuei a jogar. Mais de duas hora de jogo sem sair do lugar. Até o mais reles zoumbi me matava. Puto da vida, tirei o dvd do Xbox e taquei pela janela. Tomei meu Nescau Power quentinho que mamãe faz, bem docinho, com mais duas colheres de açucar, e fui dormir.

Naquela noite tive um sonho estranho. Vi Gravelord Nito, um dos chefes do jogo, em uma cripta envolta em chamas, circundado por muitos Taurus Demons, todos portando machados flamejantes de mais do dobro do seu tamanho. Ele se virou na minha direção e eu disse 'Nito, é você?'. 'Não sou Nito, sou a morte, sou seu fim' ele respondeu e veio voando pra cima de mim. Tentou me acertar com um golpe de foice mas eu dei um rolamento para o lado( eu estava de roupas, ou seja, menos de um quarto do meu equip load). A lâmina pegou de raspão no meu rosto. Ele voltou a vir para cima, me chutou e cai para trás. Então ergueu sua foice para me finalizar. Nesta hora soou uma voz em minha mente que dizia assim ( em inglês): Impact Priest has invaded your world. O ceifador se virou para olhar para algum canto e foi atingido por diversos disparos brilhantes, como poderosas Great Heavy Soul arrows ( pareciam Leigan's do Yusuke no final do torneio das trevas). O autor dos disparos, pude ver, era negro e usava um manto branco luminoso. A morte então desistiu de mim e partiu para cima dele, tentando lhe acertar, mas ele evadiu-se dando um rolinho para o lado. Aquele homem, que devia ser um clérigo, ergueu-se, apontou sua arma, uma magnum 357 cromada, e cuspiu tiros no monstros que deu um gritinho de 'ai' e virou pó de enxofre. Nesse momento eu acordei.  Me levantei ainda tentando me recobrar daquele sonho estranho. Quando acendi a luz, vi o dvd de Dark Souls ao lado da minha cama! Mas eu o havia jogado pela janela! Ainda muito assustado, fui ao banheiro lavar o rosto e no espelho vi uma marca vermelha e fina na minha cara, no mesmo lugar onde a foice me pegou de raspão! Sai correndo e gritando pela casa, devo ter acordado a vizinhaça toda. Então meu vizinho, que é evangélico da IPI, veio aqui oferecer sua ajuda. Ele aplicou um óleo em mim, me orou e juntos queimamos o dvd do jogo de satanás.

No dia seguinte fui a IPI mais próxima daqui e marquei meu batismo com o Pastor João Lucas Rodrigues. Com certeza aquilo não foi um mero sonho. Por causa do jogo, abri caminho para uma maldição e a morte queria me pegar. Tenho até certeza que o clérigo que me salvou com os disparos era o grande Pastor Aricleine, que já ressucitou 3 vezes e muitas já quase matou Satanás. Graças a Deus fui salvo dessa maleita! Video-games são coisas do demônio! Pax

Anônimo disse...

AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH

Anônimo disse...

Carrossel
Carrossel (2012)

Entre duendes e fadas
A terra encantada espera por nós
Abra o seu coração
Na mesma canção
Em uma só voz

Entra, vem no picadeiro
Pintar essa cara com tinta e pó
Deixa a criança escondida
Esquecida esquecer
Que ela é a vó

Embarque neste carrossel
Onde o mundo faz de conta
A terra é quase o céu

Embarque neste carrossel
Onde o mundo faz de conta
A terra é quase o céu

Embarque neste carrossel
Onde o mundo faz de conta
A terra é quase o céu

Embarque neste carrossel
Onde o mundo faz de conta
A terra é quase o céu

No nosso circo maluco
Você é de tudo até super- herói
Você é roda gigante
O anão, elefante
O índio, Cowboy

Venha não perca seu tempo
Que até a idade se pode escolher
Venha ser uma criança
Girar nessa dança
Ser o que quiser

Embarque neste carrossel
Onde o mundo faz de conta
A terra é quase o céu

Embarque neste carrossel
Onde o mundo faz de conta
A terra é quase o céu

Embarque neste carrossel
Onde o mundo faz de conta
A terra é quase o céu

Embarque neste carrossel
Onde o mundo faz de conta
A terra é quase o céu

No nosso circo maluco
Você é de tudo até super- herói
Você é roda gigante
O anão, elefante
O índio, Cowboy

Venha não perca seu tempo
Que até a idade se pode escolher
Venha ser uma criança
Girar nessa dança
Ser o que quiser

Embarque neste carrossel
Onde o mundo faz de conta
A terra é quase o céu

Embarque neste carrossel
Onde o mundo faz de conta
A terra é quase o céu

Embarque neste carrossel
Onde o mundo faz de conta
A terra é quase o céu

Embarque neste carrossel
Onde o mundo faz de conta
A terra é quase o céu

Embarque neste carrossel
Onde o mundo faz de conta
A terra é quase o céu

Embarque neste carrossel
Onde o mundo faz de conta
A terra é quase o céu

Embarque neste carrossel
Onde o mundo faz de conta
A terra é quase o céu

Embarque neste carrossel
Onde o mundo faz de conta
A terra é quase o céu

Embarque neste carrossel

Laura do Carrosel disse...

Isso é tão romântico

Anônimo disse...

poxa, mal posso esperar pelo próximo episódio de "retardados que não conseguem zerar games e botam a culpa no Satanás" SHAUHSUAHUSHAUHSUAHUSHAUHSUHASHUA

Anônimo disse...

Bota a cara pra morrer pastor. Suas ofensas mexeram com quem não devia. Agora sua cabeça foi oferecia a prêmio, e vou ter o maior prazer em meter duas balas na sua cabeça, isso é claro, depois de matar toda a sua família na sua frente. Uma hora eu te acho. E seu Deus de merda não vai livrar sua alma de toda a dor que vou fazer você passar...
Que fique bem avisado. Seus dias estão contados...

Anônimo disse...

História criativa, mas aconselho esse loko a procurar o que fazer, tipo TRABALHAR. Mente fraca.

SenhorX disse...

Ser pobre e nao poder comprar um console e uma coisa,agora ser ignorante e criar uma historia dessas e lamentável...

Anônimo disse...

Videogames não é coisa de Deus mesmo não.
Ainda me lembro como se fosse ontem quando tinha 10 anos la em meados 2003, eu tinha um polistation comprado por 50 conto e uma tv filipes de 14" sem entrada para video conectava o videogueime pela entrada da antena sintonizando a tv no canal 3, jogava todos os dias de 4 a 5 horas diretas, até que em um belo dia eu desliguei o videogame e desconectei da tv e aconteceu uma coisa estranha apareceram imagens na tela dos jogos que eu jogava mais em preto e branco e cheio de chuviscos fiquei pensado que negocio é esse o videogame tá desligado e fora da tomada e porque isso ta acontecendo, ignorando esse acontecimento mudei de canal com a esperança de está vendo coisas, mas não foi isso o que aconteceu toda vez que eu mudava para o canal 3 eu via a imagem dos jogos estava ficando cada vez mais nitido aparecia até o menu de jogos do polistation eu pude perceber que a televisão estava imitando as minhas jogadas de mario bros, mesmo com todos esses avisos não parei de jogar apesar de da um pouco de medo ficar só em casa e ficar vendo a tv jogar videogame isso não conteve meu gosto pelo jogo, teve uma vez que eu fiquei só em casa e coloquei no canal 3 a tv estava jogano o jogo dos tanques no modo de construir o cenario e ela escreveu um nome com os tanques e esse nome era ISAAC eu me apavorei e desliguei a tv e fiquei na porta de casa fiquei sem jogar por alguns meses ate que parasse essas imagens que durou cerca de um mes.
Eu não sou crente e muito menos espirita e nem pretendo me tornar nenhum dos dois e nem pretendo deixar de jogar nenhum jogo por causa disso mesmo eles contendo a força do capiroto e causando esses efeitos estranhos.
Esse caso foi real.

Anônimo disse...

KKKKKKH Ainda bem que sou ateu.

Postar um comentário