sábado, 30 de março de 2013

O Don Juan da Cracolândia


Fim de semana chegava e eu sempre no osso, procurando alguma dama cheirosa pra galar. Mesmo namorando; e eu já namorava a 3 anos mas, meu chapa, pegar a mesma pepeca de sempre tem hora que cansa, é igual comer angu puro todo dia, arroz feijão e banana, ou esses pratos de comida estranhos que nossos velhos enchem o saco falando que só tinham isso pra comer zilênios atrás. Nem realizando fetiche, pensando na juju panicat, dando aquele migué da escapulida pro toba, sexo na rua, na cama dos sogros... nada disso mais interessava. Já preferia até entrar na covardia, 5 contra 1, com a Mayara Shelsom no xhamster.com, o segundo melhor site porno da internet. Meus amigos diziam pra eu contratar uma profissional mas eu acho deprimente ter de pagar alguém pra fazer sexo comigo, tem que ser espontâneo, natural, pode até ser meio que forçado mas 0 800, sabe?!



Um dia, então, quando voltava da pelada que rola na quadra da igreja evangélica lá perto de casa, todo quebrado, com um dente mole e o olho roxo das porradas que levei dos missionários ( que só entram em tesourada em quem não é da igreja), encontrei um amigo meu da época da escola ( do Brizolão Antônio Candeia Filho ali perto do amarelinho, em acari, na avenida brasil). Era chamado de Cuabara, porque ele tinha um cabelo meio enrolado e o topete meio pontudo pra frente, igual o personagem daquele desenho que passava na manchete, o yuyu rakucho, que tinha um espírita que atirava laser com o dedo. Agora mais velho o Cuabara mais parecia o Crusty o palhaço daquele desenho dos Simpsons.

Papo vai, papo vem; relembra o passado daqui, conta o que vem fazendo dali, fala umas merdas dos caras que eram os fodões na época do colégio e hoje já abotoaram o paletó de madeira (RIP), inventa umas mentiras pra contar vantagem ( fala que comeu as gostosas do colégio que nunca deram bola, ou que tá rico)... o habitual de conversas entre amigos de infância que não se veem a muito tempo. Nessa leva o Cuabara me vira e manda uma assim:

Porra, lelek, tu num sabe da maior. Tem um tempo isso , uns 2 anos, que eu voltei la no CIEP no amarelinho pra pegar o diploma e tal, sabe quem eu encontrei na cracolandia de lá, aquela que ficava em frente ao ponto?! Aquela mina, a Diana, dos tetão, tá ligado?! Tava toda suja, fedia a mijo. O que eu fiz: troquei uma idéia, fiz ela se sentir bem, uma pessoa amada, levei no matinho e tracei legal, rolou até butão. Delicia. Toda quarta, depois de deixar meu moleque mais novo na creche, eu voltava pra traçar a Diana, mas aí a cracolândia dali acabou e ela sumiu. Fiquei sabendo que tinha ido praquela ali da saída da ilha, no parque união, mas eu dei uma passada por lá dia desses e não achei. Deve ter morrido doidona de tanto cheirar crack.




Em casa, naquela noite, fiquei pensando no que ele tinha dito. Que essas cracudas e mendigas são mulheres de verdade e que também querem ser amadas, seduzidas e ter prazer. Saí a rua decido a experimentar. Encontrei a nega néia, uma mendiga de estimação lá do bairro, que fala sozinha com o capeta e que tem um carrinho cheio de corpos de bonecas barbie sem cabeça. Troquei um papo até cabeça com ela. A merda era que enquanto eu falava:

Que belos seios você tem aí, Néia

Ela respondia:

‐ Hihihi. Getulio vargas que foi um bom presidente não esse Fernando Henrique Collor aí.

‐ Ô , Neiazinha, com um banho, um shortinho curtinho, um tratamento bucal e dentadura, bem que você ficaria mais bonita que a Gisele bundchen.

‐ Edifício Joelma, pegou fogo, pegou fogo o Joelma, do Eucalipso.

‐ Néia, querida, pega aqui rapidinho, você vai gostar.

‐ Torrone é, é é , Montervergine. parampampam

Nessa ultima eu quase ri, mas no sufoco que tava eu não riria nem num stand up do Adnet com o Porchat e um monte de anão fantasiados de cenário ( nada é mais engraçado que anão fantasiado de mobília). Fiz o serviço sujo ( e bota sujo nisso) ali mesmo, pouco me liguei com o cheiro azedo. Acordei no dia seguinte e tava cheio de badalhoca ( esses pentelho enroladinho que fica cheio de bosta na bunda) colada nos bagos, parecia carrapicho agarrado em meia de algodão. Mas foi bom , eu gostei na época, tanto que fiquei nessa por uns 7 meses, e não só com a Néia, era frequentador assíduo da cracolândia na saída da ilha, era quase o amante latino delas ali. Devo ter engravidado no mínimo umas 12. Potência pouca é bobagem, irmão! Mas parei. Tive um desmaio súbido no meio da pelada na igreja (depois de uma voadora que levei nos peitos aplicada pelo irmão Toquinho, só porque ri dele)  e acordei boiando numa piscina. O pastor ( Mauro Feliciano) falou que eu tinha encosto(que peguei com as cracudas. Pra quem não sabe encosto é tipo uma doença espiritual, saca?!) e que tinha que entrar pra igreja e doar 20 porcento (vízimo) do meu salário para a Igreja do Primeiro Impacto  que é a única e verdadeira intermediária de Deus na terra  se não eu morreria. Aí eu me converti e estou dando meus testemunhos. Foram bons tempos mas hoje eu sou de Cristo e já estou até com meu casamento encaminhado com minha mulher. Paz

quarta-feira, 13 de março de 2013

Nota de Esclarecimento

 

O Pastor Rodinelson Absalão, pastor titular da Igreja do Primeiro Impacto do município de Águas Frias – SC vem a público para se defender das calúnias que estão sendo divulgadas em portais de notícias pouco confiáveis, como G1 e UOL, a respeito de sua pessoa.

Os advogados da IPI já entraram com petição junto à 9ª Câmara Cível do STJ (Superior Tribunal de Justiça) para retirar esse conteúdo ofensivo e difamatório que atinge a moral de tão nobre homem de Deus.

Abaixo, os irmãos podem ver na íntegra os absurdos que foram divulgados, como se fossem notícia, pelo portal ateísta, mentiroso e caluniador G1. E assim como a IPI, vocês também poderão manifestar o seu repúdio a toda essa mentira da mídia.

Pastor é preso ao dirigir bêbado depois de sair de “festinha” com três travestis

“Um homem, de 62 anos, foi detido em Florianópolis, no bairro Coqueiros, na madrugada desta sexta-feira (08/03), após ser parado na blitz da lei seca e ser flagrado dirigindo altamente embriagado. Mas o que mais chamou a atenção dos policiais não foi o índice de teor alcoólico que o homem havia ingerido. Rodinelson Silva Absalão dirigia um carro de luxo, vestia terno e gravata, portava uma bíblia e dizia ser pastor. O fato inusitado, que mais chamou a atenção dos policiais foi a presença no automóvel de três travestis.

De acordo com testemunhas, o pastor dirigia em alta velocidade e ao ser parado pelos policiais tentou fingir sobriedade. Disse que estava evangelizando e ainda abençoou os policiais. Dentro do carro foram encontradas muitas latas de cerveja, garrafas de uísque e latas de energético vazias. Os três travestis afirmaram depois em depoimento que tinham saído de um motel com o pastor, onde fizeram um programa e ingeriram junto com ele bebidas alcoólicas além de outras substâncias entorpecentes.

Após a abordagem policial, o pastor disse que faria o teste do bafômetro para provar que estava em plenas condições de dirigir, o homem fez o teste do bafômetro que acabou apontando alto teor alcoólico, que o impossibilitaria para a condução de veículos. Então ele tentou subornar os policiais, sem resultado. E foi detido.

Na viatura, Pr. Rodinelson foi fotografado ainda visivelmente embriagado enquanto xingava, muito irritado, todos ao seu redor e dizia que todos iriam para o inferno, entre outras coisas incompreensíveis. Rodinelson Absalão será julgado no próximo dia 30 de abril e se for condenado, terá acumulado a terceira pena por dirigir embriagado”.

Pastor Rodinelson

Direito de Resposta

Amados irmãos da Igreja do Primeiro Impacto, vocês são testemunhas de todas as provações pelas quais venho passando nesses dias. Tudo por causa de uma conspiração cuidadosamente planejada por grupos ateístas como os otacos e pela imprensa umbandista comandada pelo mesmo grupo que tenta manipular todos os brasileiros através de mentiras como esta, a rede Globo. Mas essas perseguições não irão me abalar, pois aqueles que permanecem fiéis diante das perseguições são vencedores com Cristo.

Agora irei lhes relatar como essa farsa foi forjada.

Era uma noite de sexta-feira, dia mais carregado e propício para as práticas pagãs, por isso muita gente comemora quando chega esse dia. Nessa noite graças a Deus a igreja estava lotada fizemos o culto do descarrego para livrar as pessoas dos maus espíritos. Fiquei muito contente ao ver tanta gente participando, orando, fazendo suas doações. Fico emocionado ao ver as pessoas doando o pouco dinheiro que tem para fazer parte da obra de Deus. O culto acabou por volta das 21:00.

Logo após o término do culto recebi uma ligação do meu amigo Pastor Isaías de Florianópolis, ele precisava da minha ajuda em uma missão: resgatar almas perdidas por causa da cultura japonesa, tão nociva as mentes dos jovens, em um evento “underground” do gênero, o AnimeFloripa 2013.

Sai com o meu Porsche Panamera 4S com rodas de 18 polegadas, freios de prata e tração nas 4 rodas. Armado apenas com uma bíblia (Essa parte os ateístas do G1 falaram em sua falsa reportagem).

Não demorei a chegar ao tal evento, procurei o meu amigo Pastor Isaías para começar os trabalhos de conversão naquela gente degenerada, mas não o encontrei... Percebi que estava em desvantagem (haviam mais de mil animeiros/otacos no local), então decidi abortar a missão.

Quando sai do “evento” fui caminhando na direção do local onde tinha estacionado, ainda confuso com a ausência do Pr. Isaías, foi quando percebi a armadilha a qual tinha caído. Deparei-me com cerca de 100 Cospleyers me esperando todos armados com armas japonesas como churiquens, catanas, nuntchacos, zanguetsus da Tramontina, bastões de beisebol, etc. Eles logo me cercaram, e me atacaram de todos os lados.

Consegui me defender com a bíblia dos primeiros 50, bati em suas cabeças com tanta força que eles voaram de lá cerca de 60 metros de altura e 200 metros de distância, todos caíram inconscientes e inertes, e quando acordassem eles estariam livres do mal que afligia suas almas, o otaquismo.

O líder deles, um tal de Kakashi-Senpai, pediu mais reforços em um walkie-talkie. A cada segundo, mais otacos e cosplayers chegavam para a batalha. Ainda consegui abater cerca de 300 sem esmorecer enquanto recitava o salmo 91:1-16:

“Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará.

Direi do SENHOR: Ele é o meu Deus, o meu refúgio, a minha fortaleza, e nele confiarei.

Porque ele te livrará do laço do passarinheiro, e da peste perniciosa.

Ele te cobrirá com as suas penas, e debaixo das suas asas te confiarás; a sua verdade será o teu escudo e broquel.

Não terás medo do terror de noite nem da seta que voa de dia,

Nem da peste que anda na escuridão, nem da mortandade que assola ao meio-dia.

Mil cairão ao teu lado, e dez mil à tua direita, mas não chegará a ti.

Somente com os teus olhos contemplarás, e verás a recompensa dos ímpios.

Porque tu, ó SENHOR, és o meu refúgio. No Altíssimo fizeste a tua habitação.

Nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda.

Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos.

Eles te sustentarão nas suas mãos, para que não tropeces com o teu pé em pedra.

Pisarás o leão e a cobra; calcarás aos pés o filho do leão e a serpente.

Porquanto tão encarecidamente me amou, também eu o livrarei; pô-lo-ei em retiro alto, porque conheceu o meu nome.

Ele me invocará, e eu lhe responderei; estarei com ele na angústia; dela o retirarei, e o glorificarei.

Fartá-lo-ei com longura de dias, e lhe mostrarei a minha salvação”.

A batalha continuou devo ter abatido ainda cerca de 165 cosplayers, e eu já estava ficando cansado por pelejar contra tantos jovens, mas eu jamais me renderia. Foi quando um rapaz vestido de Gocu do Dragon Ball Z, gritou para mim: “Renda-se pastor, antes que aconteça algo pior”.

Então ele me mostrou um tablete Samsung Galaxy Note conectado a internet com uma imagem perturbadora: Eles mantinham o meu amigo Pr. Isaías, a minha esposa e o meu filho como reféns em algum lugar desconhecido. Tive que me render, e fazer o que eles mandaram. Aflito, perguntei: “Quem são vocês, e o que querem?”.

Quando ouvi uma voz sinistra dizendo: “Não importa quem nós somos… O que importa é o nosso plano”. Era o Kakashi-Senpai, líder deles, ele se aproximou e me explicou que aquilo tudo fazia parte de um plano para desacreditar os pastores evangélicos perante a sociedade. Um grande plano que não era só dos Otacos, mas sim uma grande conspiração.

Então eles me forçaram a ingerir muita bebida alcoólica, injetaram substancias que eu desconheço em minha corrente sanguínea encheram o meu carro com garrafas e latas vazias e colocaram três dos seus cospleyers no carro junto comigo para que eu continuasse seguindo as suas ordens. Três rapazes vestidos de mulher: O Uchiha Sasuke, o Kurosaki Ichigo e o Uzumaki Naruto.

Então eles mandaram que eu seguisse em alta velocidade e que eu passasse por um determinado local, e eu fiz o que me mandaram. Foi quando eu vi uma blitz da lei seca e logo entendi que a polícia também fazia parte da conspiração.

Eles me pararam e me forçaram a fazer o teste do bafômetro, que eu teria o direito de não fazer. Depois tentaram me extorquir e eu ainda tentei reagir, mas estava muito dopado e eles ainda tomaram a minha bíblia me deixando desarmado.

Quando me colocaram na viatura, os fotógrafos desses portais ateístas da internet logo chegaram como urubus carniceiros. Mas eu os reprendi em nome do Senhor, um deles até caiu no chão se debatendo e pedindo perdão a Cristo.

Então irmão, essa é a verdade! O que realmente aconteceu naquela fatídica noite. E esse texto na íntegra deverá ser postado no G1 como direito de resposta, assim como nos outros portais de notícia que divulgaram essa grande mentira. Nossos advogados estão trabalhando duro com esse objetivo.

E por isso mesmo eu não posso deixar de revelar a vocês a verdade por trás do G1.

logotwitter_G1

G1 nada mais é do que uma abreviação da palavra OGUM, separadamente o nome dessa entidade da umbanda ficaria assim: O – G - UM ou O – G – 1, ou simplesmente G1.

Essa entidade também pode ser representada pelo santo católico São Jorge, e, como vocês sabem, a rede globo fez até uma novela para adorar os seus falsos ídolos do candomblé: Salve Jorge.

Então, meus caros amigos, não se deixem iludir por todas essa calúnias divulgadas na internet, jornais e televisão. Não acredite, nas organizações que lutam contra a Igreja do Primeiro Impacto, que é a verdadeira igreja de Cristo.

Fiquem todos com o nosso Senhor Jesus Cristo. Paz e Graça.

Pr. Rodinelson Absalão.