domingo, 11 de julho de 2010

A prova de ciências e a Cartomante

Testemunho de Pedro José Barbosa, recebido por e-mail.



Depois da escola, geral se reunia na barraquinha de doce da tia Rosa pra tomar uma Sukita de Uva e comer um Fofura sabor Churrasco.
.
Eu virava o copo de plástico na tentativa de afogar minhas frustrações com a nota de ciências. A professora Bete ia me reprovar de novo! Minha mãe já tinha me avisado se eu reprovasse a oitava série pela quarta vez , que ela ia me mandar para Macaé pra morar com meu tio Genival( que é Pastor) e primos. Morar naquele fim de mundo era como se fosse a morte.

Zeca parou do meu lado, veio me falar da pelada que tavam organizando em um campo de grama sintética ali perto. Eu me recusei mas , insistente como era, ele não me deu sossego.

-Poh , Tricolor, vai amolescer? O time da rua de baixo, chei de mulambos e vascaindos, tão com maior marra! - falava o José Carlos Monteiro, vulgo Zeca, enrolão bom de lábia( era filho de Vereador e puxou ao pai), vizinho de longa data e amigo de infância.

- Poh , cara. Tô ferrado na mão da Bete de ciências. Vou reprovar se não tirar 10 na prova de recuperação.

- Fica assim não, amigo. Eu tenho um surpresinha para você.

Ele sacou uma folha de ofício Chamequinho toda amassada do bolso.

- Olha só o que eu tenho aqui: a prova de recuperação !




Tirei o papel da mão dele , estiquei-o na tentativa de torna-lo mais legível possível e conferi que se tratava mesmo do exame final.

- Como conseguiu?

-Não importa. Só estuda as questões e se garante na prova.



Guardei a folha dentro do meu caderno do homem-aranha de 20 matérias da Foroni. Relaxei um pouco daquela tensão toda e os ultimos 4 dias que faltavam para a prova voaram. Só fui estudar no ultimo dia que restava. Peguei as questões e tentei resolve-las mas , como dá pra imaginar, nao consegui fazer nenhuma. Ciências nunca foi meu forte.


No desespero que bateu , liguei para a Ritinha, minha namorada, e pedi o endereço de uma Cartomante que ela tinha consultado.



O 'consultório' da tal cartomante era em uma casa antiga , a sexta do número 66, com um portão de ferro velho e enferrujado que dava para um corredor úmido com paredes cheias de limo. Bati em uma porta de madeira antiga e pintada de branco. Uma velha italiana usando uma camisola púrpura, furada na altura do mamilo esquerdo, veio atender.





-Entre, ragazzo

O lugar, com uma iluminação vermelha de puteiro de porta de estrada, era um tanto quanto macabro. Cartas de Tarô, dados viciados de RPG, posteres de Alister Crowley e da Xuxa, mesas de mágico em um canto, cartolas, Livros de Alan Kardec empilhados em um criado-mudo, esqueletos humanos, imagens de santos católicos, um disco do Fofão, uma peruca que foi de Chico Xavier, jarros com fetos humanos e outras bizarrices satânicas decoravam a pequena sala.





Ela me indicou que sentasse em uma cadeira de fronte a uma mesa com uma bola de cristal em cima. Eu estava nervoso e tremia como vara verde.


- Vejo que está mui preocupado con una cosa... - ela respondeu após fitar por 30 segundos a bola de cristal.


-Sim. Estou quase reprovado em ciências


-Hum. Vejo qui queres mia ajuda para conseguire algo con esta cosa ...


Não é que ela acertava tudo! Tirei a prova do bolso e mostrei.


-Quero que me ajude a resolver.


Ela avaliou o conteúdo.

- Para isso eu peço o triplo do que cobro, pois tenho qui evocar ajuda del espíritos dellos cientistas mortos. São almas que vagam no limbo eterno.

- Tudo bem - Puxei uma nota de 100 reais que recebi do meu tio Genival de presente de aniversário.

A velha mulher sorriu e foi marcando as questões com uma bic azul. Me entregou e disse:

- Faça bom proveito, ragazzo.

- A senhora evocou um espírito dos bons, né? - perguntei temeroso

- Fique tranquilo. Contatei um dos maiores cientistas, foi il espectro dello Charles Darwin quem respondeu sua prova. Ele é um antigo amico espiritualle mio! HAHAHAHAHAHAHAH!

E começou a gargalhar freneticamente em uma risada terrível, a ponto de engasgar com a própria dentadura .

Deixei a nota de 100 e saí rápido daquele lugar estranho.

Memorizei todas as questões em uma hora(fiz até uma musiquinha para não esquecer). O resultado não foi outro: tirei 10 no exame. Todos ficaram muito felizes! Minha professora me deu os parabéns ; minha mãe comprou , no boleto bancário das Casas Bahia, uma televisão CCE de 14' novinha pro meu quarto.

Meu pai me levou para o bordel (Clube das Flores); disse que agora, no secundário, eu era homem e devia aprender certas coisas.Voltamos para casa lá pelas 2:32 da madrugada . Estavamos os dois meio embriagados , depois de bebericarmos bastante Cuba Libre e passarmos a mão em dançarinas sifilíticas. Dormi feliz.

Um sonho estranho me acometeu. Estava sentado na carteira do colégio e a Bete me olhava com uma cara de braba. Do teto cairam a cartomante e um senhor barbudão. Era Charles Darwin que começava a se metamorfosear para sua forma verdadeira, um ser com cabeça de homem e corpo de macaco.





Eles começaram a falar no dialeto dos macumbeiros e a dançar em círculos como os índios.Darwin fumava um charutão de maconha, Bete comia nacos da carne do próprio antebraço e a cartomante gritava:

-Agora é um dos nossos , ragazzo! Tua alma vai ser condenada ao Limbo , la prima zona dello inferno!

Darwin gritou com voz gutural:

- Agora teu futuro me pertence, pequeno mentiroso! Você sabe que eu adoro mentira? A minha teoria evolutiva foi a maior que eu ja contei e os trouxas cairam!

Eles iniciaram uma risada estérica e eu acordei , suando frio.Decidi contar toda a verdade sobre a cola. Envergonhada, minha mãe me mandou para Macaé.

Lá chegando, meu tio me converteu a fé protestante. Iniciei uma nova vida, depois que me banhei na piscina sagrad Tony de mil litros e foram removidos os encostos de mim. Hoje sou um fiel exemplar, o escritor Oficial da nossa Congregação e dou o testemunho de que ciências, feitiçaria , mentiras e evolucionismo são tudo farinha do mesmo saco; são coisas que nos afastam de Deus e guiam ao Inferno!

Glórias ao Altíssimo Pai Senhor da Justiça!

.





9 comentários:

José de Arimatéia disse...

Cganas são feiticeiras q coabtam com o diabo e seus asseclas demonitas cheios dos humores malígnos das maleita do cramulhão que já foi Lucifer.

A ciencia tem td a ver com a brujaria , ja q os aparelios eletronicos sao como instrumento de bruxos celtas que servem a Baphmet e ao Moloc, demonios vencidos pelo Senhor maior de israel que ficano Oriente médio. Por isso só compro aparelio com o celo cristão da cristandade maior permitida e selecionada pelos pastores das almas de jesus.

a´paxelux

Obreiro Pedro disse...

Relato escrito por inspiração divina!!!! Só Deus para nos mostrar a verdadeira face deste tal de Carles Darwin.

Obreiro Justo Maximiliano disse...

Provou a ligação maldita dessas crenças como o espiritismo , o evolucionismo e a bruxaria cigana.

Obrigado , Pastor Paulo Tarso!

Bobafett disse...

Ahhh vá! sae dessa man

Isso soh pode ser piada

vai roba e pegar uma menininha e para de fica pela internet, padre de merda seu bostinha!

Samy Vallo disse...

Ô Glóreas...Deus sempre salva seus filhos...Basta atender ao chamado de Cristo...
Meus parabéns pelo testemunho...Ô gLÓREAAASSSS

Anonymous disse...

josé aprende a escreve -.-"
Lúcifer tem acento no ú
brujaria = bruxaria
Baphmet = Baphomet
ficano tem um D
celo tem S
aparelio tem H em ves do I

Marcel Lima disse...

A teoria de Darwin é a maior mentira de todos os tempos!

Julie' Bellamy' Turner.' disse...

WATAFOCA?

Eu nem ligo pra Darwin, eu só quero o telefone dessa cartomante aê, eu tô mal em Química :S

Anônimo disse...

Aproveitar-se da bruxaria de forma incorreta deveria ser um pecado de "Deus". Maldita seja essa crença. Entendam que nós somos nossos próprio Deus. Existe um ser maior, mas ele não é necessariamente deus. O ser superior não pode zelar por todos nós, apenas a si mesmo, assim como nós fazemos. Tudo que fazemos volta a nós mesmos porque existe uma coisa chamada Karma. Deus não vai lhe retribuir porque cometeu o bem, mas o seu próprio karma vai.

Postar um comentário