domingo, 13 de dezembro de 2009

Conselhos dados de Pastor Udinésio [3]

Olá, pastor. Meu nome é Edicleuza, tenho 22 anos, sou casada há 2 meses com meu marido Etelvino de 24 anos(ambos divorciados de outro casamento). O que acontece é que durante a lua de mel nós conversamos muito e decidimos que só faríamos sexo após a lua de mel para procriar, como nos ensinamentos na igreja. Mas semana passada ele começou a agir estranho. Me agarrou por trás, colocou o órgão genital para fora e tentou tirar a minha roupa no meio da cozinha, eu peguei a concha do feijão Tramontina e dei uma porrada muito forte na cabeça dele, ele desmaiou e até sangrou um pouco.

Depois eu peguei e prendi ele no quarto, amarrei as mãos e os pés dele e pus uma mordaça nele, ele está preso no quarto a 2 semanas, quando ele acordou me disse palavras que eu não diria nem para a minha sogra e disse que depois que se soltasse ia me rasgar toda com uma das facas Ginzo dele. Só apareço lá pra alimentar ele e dar uma cervejadoniran de vez em quando pra ele ficar mais calmo.

Agora estou com medo de solta-lo pois acho que ele está com um encosto e acho que ele seria capaz de me estuprar, me matar e se casar com a vizinha católica. Pastor, o que eu faço?

Edicleuza Martins Dias




Edicleuza foi bom você ter mandado este email, pois agora estou sabendo das artimanhas novas de lúcifer, nunca houve de um casal tão ungido ficar tão decadente. Por causa de sexo. Pois bem, saiba que a culpa é inteiramente sua, Edicleuza, se tivesse satisfeito os desejos sexuais de seu marido como deveria, não teria se metido em um problema deste tamanho. Se ele está com suspeita de encosto, ligue para a II mais próxima e peça para mandarem a carruagem da unção para a sua casa, eles levarão você e seu marido em uma Kombi Volkswagen Standard 1.4 Flex ao som dos cânticos do reteté para o baptismo na Piscina Sagrada. Lembre-se que quem precisa mais do baptismo é Você que se revoltou contra seu marido e não ele que só estava necessitado.

6 comentários:

Anônimo disse...

Tá vendo Edicleuza? Devia ter trepado mais com seu marido pooo :/

Anônimo disse...

esse blog e um monte de babaquice

Anônimo disse...

pastor traduzir isso Dragged ya down below down to the devil's show,
To be his guest forever,

Anônimo disse...

Que igreja mais machista. Edicleuza, se seu marido quer sexo a vontade, ele tem que casar com gay, porque gay tem essa mesma tendencia dos homens heterossexuais de fazer sexo por fazer. Você está certa. Não dê atenção a esses muçulmanos pervertidos. Sexo só para procriação. Sexo por qualquer coisa é coisa de viado.

Anônimo disse...

puta que pariu..............

Kukla .K. disse...

Dá logo a buceta pra ele!Não é pra isso que vocês idiotas,digo,Varoas servem?

Postar um comentário