domingo, 20 de outubro de 2013

Manual do anarquista moderno.

Olá, amigos da igreja do primeiro impacto. Meu nome é Joendeandro Palmeiras Fonseca. Não sou fiel da sua igreja mas gosto muito da teologia e dos ensinamentos de vocês. Eu, por esses dias, encontrei essa cartilha embaixo da cama do meu filho, ao lado de revistas educativas coladas de tanto uso. Era um xerox de alguma impressão em papel A4 e letra time new roman. Vejam o absurdo disso!




"Guia de como ser um anarco-revolucionário moderno. Olá, bravo companheiro . Se essa cartilha chegou em suas mãos é porque sua meta é postular o título de um verdadeiro neoanarcorrevolucionário. Então, para isso, preciso é que leia com atenção os passos a seguir e os coloque em prática o quanto antes! Boa sorte e persevere no ideal! 

São 3 os níveis, os passos, a serem dados, antes de poder se sublimar ao status de anarquista moderno! E eles são

Nível 1: Apresentação


Primeiro de tudo, o mais importante é: a rede social. Ela move a revolução, é nela que vivemos o mundo perfeito, onde todos são sábios, politizados, interessados e incorrupitíveis. Nela se discute a forma, o local de reunião das pessoas interessadas e tudo mais. Como toda rede social depende da aparência, é de suma importância ao anarcorrevolucionário capitalista moderno que preze pela sua apresentação na rede social. É estritamente necessário que a imagem de perfil seja arrojada, com filtros ( preferencialmente do instagram) que deem um ar de cult, que se compartilhe ideias de grandes pensadores de esquerda, escritores famosos, charges políticas...

Curtir páginas neorrevolucionárias e hackers, como a dos annonymous, black block e cia, e compartilhar seu material determina, quase que absolutamente, na mente de seus amigos nas redes sociais, que você é mesmo uma pessoa séria e politicamente engajada.

Ultimo conselho: Quando for comentar em qualquer página ou publicação, jamais esquecer que se é visto por tudo e todos nas redes sociais. E ninguém quer parecer uma pessoa de mente atrasada né, gente?! Então se esforçar o máximo possível para não parecer ser essas coisas degeneradas, como homofobos, facistas, racistas,nazistas, religiosos...intolerantes em geral. 'Nenhuma forma de amor deve ser condenável' e 'liberdade para o que quiser fazer acima de tudo' são frases padrão e devem ser usadas quase sempre.

Passo final a ser dado nesse nível, antes do próximo: Publicar uma foto sua com a máscara do filme V de vingança ( com filtro do instagram) ou com a camisa de algum outro revolucionário (real ou ficcional).

Nível 2: Duelo

Agora que já se sabe como agir, deve-se, para passar pro próximo nível, estar disposto a confrontação. Não deve ser uma confrontação com algum desses tipinho hater de direita, que se foca em estudar história só pra falar mal das suas crenças e de seus ídolos. Com esse tipo de pessoa não se perde tempo, eles nunca vão entender o que você fala (e nunca vão parar de retrucar ou de rir da sua cara). Mas nesse nível o revolucionário deve ser capaz de atrair, pela coerção moral, outras pessoas ao pensamento da causa, fazendo com que, ao menos, concordem com o que você escreveu ( que fique claro: se eles não discordarem, estão concordando).

Reclamar do governo, do descaso, deixando sempre escrachadamente evidente que a culpa é do povo, é da massa acéfala que vota nesses safados...Se te perguntarem em quem votou na ultima eleição pra tentar te constranger e quebrar esse seu bom argumento, diga que foi em algum político que fez algo legal, como o Romário ou algum lá daquela PSOL. Quem se lembra em quem votou na ultima eleição? Quase ninguém. Então não tem porque ficar se prendendo a essa picuinha.


 Comentar nas publicações alheias na rede social, deixando claro que você faz a sua parte e dando a entender que aquela pessoa não faz, nunca será encarado como uma afronta a alguém que tem os ideias da revolução no coração. Então não se importe e faça isso sempre que puder. 

Conselho: não adentrar em discussões muito longas com pessoas que acham que entendem mais de política que você. Deixe-os falando sozinho, afinal a partir do momento que você para de responder em um debate não significa que você perdeu. Mas sim que você é superior e que os outros não sabem de nada. Você pode ainda, se não tiver mais nada a fazer e estiver mesmo querendo atenção, continuar discutindo, mas fazendo uma leve pesquisazinha na wikipédia ou em páginas anarcorrevolucionárias
da internet, ou até marcar algum revolucionário de nível superior para lhe ajudar nessa questão. 

Ultimo passo nesse nível: copiar e colar textos de páginas anarquistas em páginas direitistas, ir levando a discussão por 5 posts e conseguir no mínimo 2 likes.

Nível 3: Choque de realidade.

Esteja pronto para a rua. Este é o ultimo passo a ser dado antes de poder dizer: sou um anarquista de verdade! Nesse ponto é necessário que se participe de todos os protestos em rua, até aqueles feitos para o chinês do pastel reduzir em 30 centavos o preço do caldo de cana com coxinha de flango. Não é preciso estar em indumentária padrão( calça jeans, mochila, camisa de banda de roque ou do Tchê, cabelo desgrenhado) mas o kit protesto (mascara de cirúrgica  mascara do V de vingança, cartazes com frases de efeito...) deve estar em mãos. A polícia é sua maior inimiga, mas não se faça de regrado caso lhe roubem algo, a culpa é da polícia que não cumpriu seu dever! Vá ao policial mais próximo e dê queixa!

Seu i-phone é seu maior amigo: filme tudo! Depois edite e coloque a melhor parte na internet ( quando os policiais batem em alguém, por exemplo). Não se esqueça de publicar as fotos no dia seguinte e de reclamar muito no twitter do tratamento dado pelos oficiais da lei aos manifestantes.


Ultimo conselho: vá de sapato fechado ( Adidas, Nike, Mizuno, Puma suportam bem o tranco) e não se esqueça de pedir a seus pais o dinheiro para fazer aquele lanchinho rápido (Bic Mac com Coca latinha fica em torno de R$10 ou R$12). Ninguém faz a revolução com a barriga vazia minha gente!

Ultimo passo: nenhum revolucionário de verdade passa nesse nível se não levar uma pancada dos agentes da lei ou ser preso. Então, faça de tudo para receber sua 'cicatriz de batalha'. Encher o saco do policial, xingar a mãe, desobedecer e etc são expedientes válidos para se conseguir isso (menos agredir fisicamente). 


ANARQUISMO: a 
ascensão

Pronto! Agora você já é um anarquista puro-sangue! Já sabe tudo que tem para saber do mundo, já pode cuidar da sua própria vida, sem pai nem mãe para lhe dizer a hora de ir dormir, para lhe obrigar a ir pra escola, para dizer que não pode comer a sobremesa antes do almoço!!! Adeus o governo vigente chato, autoritário, bobo, sem graça! Quebre a fachado dos bancos: eles exploram o trabalhador! As portas das multinacionais: elas destroem a economia global e são más e feias! Nenhum perdão pelo patrimônio público! Máscaras na rua, pedra nos poliça! O mundo é seu para ser conquistado. Mas e depois, o que vem? Não sei. Até lá a gente tem bastante tempo pra pensar"

5 comentários:

Anônimo disse...

cuidado com esse anime
the lost canvas: Esse anime fala sobre um tal de alone que é possuido pelo hades e uma igreja catolica igreja católica. Ou seja, até mesmo os Satanistas que desenvolveram este anime reconhecem que a igreja católica é a porta de entrada pro inferno.. Observe também que frequentemente usa técnicas da Umbanda durante o anime, além de ter preferência por encruzilhadas ao marcar duelos e lutas. Temas sexuais e pentagramas do capeta também aparecem como em quase todo anime, além da violência e das invocações de guias e encostos que são o tema principal. Anime produzido para inculcar nos jovens as religiões demoníacas e afastá-los da igreja.
historia:
Lost Canvas, se passa a história mais antiga, desde que Dohko e Shion, eram mestres do santuário!
Depois, na Saga de Hades, que lançou atualmente, Shion volta como um espéctro de Hades, para matar Atena. persebe-se o satanismo puro nesse anime Cada cavaleiro representa um signo, e o desenho é forrado com mitologia greco-romana, personagens homossexuais como alone hades, violência absurda e invocação de entidades do umbanda, como por exemplo a coleira do dragão do São Jorge Guerreiro (Ogum) e astrologia. É um absurdo acreditar em astrologia. Estrelas nunca guiaram o destino de ninguém. Infelizmente, quem acredita nestas coisas, ou é espírita, ou tem sérios problemas mentais. Pois este ANIME tenta mostrar a astrologia como uma coisa boa, sensata. Mas não é.
Mistura de anime e astrologia. Nesse, os seus criados tentam convencer o telespecator para acreditarem na influencia dos signos e nos poderes da astrologia. Também usam de deuses de mitologia e pentagramas do capeta. Ou seja, um desenho totalmente baseado em mentiras e ficção que também luta para desacreditarem dos principios cristãos.
Com vários personagens gays como alone, este desenho tenta levar as crianças a acreditarem no poder da astrologia, signos e demais teorias totalmente sem sentido. Além do omosessualismo muito forte e presente o desenho é totalmente livre de conteúdo, não passa nenhuma mensagem de paz ou esperança. Apenas encontro da casais gays ou lutas extremamente sangrentas para defender deuses que nem sequer existem.

Anônimo disse...

esse site ta muito ruim perdeu a graça e nem tem mais assuntos e os post da demorando de mais.

Anônimo disse...

Eu repreendo! Repare que esse simbolo e altamente satânico. É a cabeça do bode virada de cabeça pra baixo, isso significa o mundo de cabeça para baixo; na bagunça, no Rage against the machine, no Counter-strike (ou Call of duty modern.W.F), no charuto jamaicano, no fedor de peido misturado com chulé dentro de quartos de jovens desordeiros; sem falar na bagunça do quarto, daí o termo anarquismo: do aramaíco Anarquishua'mala um terrível demônio que possuiu Nero, o que queimou Roma. Recomendo queimar esse símbolo no fogo dos cafundó maldito dos infernoo...shabamalia...sokana, taluiu tutuiu...massafa...oh glória inefável do malupaiuu... Eu repreendo, desordeiro que taca pedra e seus demônios molotovs...em nome de...oh glória, Amén irmãos!

Anônimo disse...

façam uma postagem sobre o satanismo no anime saint seiya the lost canvas.

Anônimo disse...

Que Baphomet seja louvado

Postar um comentário