quarta-feira, 25 de maio de 2011

Meu Pai Era um Brigão


Pastor Clodoaldo Malafaia, estou enviando meu testemunho de renovação familiar.

Sou evangélico neopentecostal da Igreja do Primeiro Impacto e vou sempre ao seu culto. O sr. deve me conhecer pois quando tem Reteté eu estou sempre no meio da roda, já ganhei até o apelido de "pé bento". Tenho doze anos e amo muito a Nosso Senhor, não peco nem nada, só obedeço a Deus.

Há alguns anos atrás, meu pai se desviou do caminho, andando pelas pegadas na areia de Satanael, praticando alguns malefícios, o que quase destruiu minha família. Graças a Deus o sr. interviu por nós e hoje está tudo certo.

Meu pai, que se chama Nelsom, teve uma certa queda pela bebida, e como é cabra macho, também envolveu-se em muitas brigas, as vulgas tretas, porradarias, pancadões, etecetera. Ele saía por volta das sete horas em direção ao bar do Jaime Sampaio, que é espírita e faz despacho pra Ogum, enchia a cara e às vezes ia também ao cinema no centro. De madrugada ele chegava em casa com bafo de bebida (cerveja Brahma) e com as roupas esfumaçadas (de Marlboro vermelho), também com as roupas rasgadas e sujas, das brigas que tinha. Às vezes ele se trancava dentro do quarto com minha mãe e começava uma gemedeira e até gritos. Estou certo de que ele a surrava, o que me deixava muito triste.

Alguns dias depois, ouvi uma tremenda calúnia. Um amigo meu da escola, Emerson, me disse que corria o boato que meu pai estava traindo minha mãe com outro cara (homemsexualismo). Falei: "repete se for homem!", e ele ainda me diz: "teu pai é boiola!". Não deixei barato e envolvi-me em uma briga. Vi logo que o Diabo estava em nossa família, pois eu estava batendo em meu melhor amigo, ou melhor, apanhando (quebrei um dente e um omoplata). Ao chegar em casa, ainda levei uma de minha mãe (ainda tenho no braço o emblema da Havaianas).

Uma semana mais tarde, foi um feriado escolar. Meu pai alegou que estava com muita dor de cabeça e não trabalharia aquele dia. Fui ao colégio pensando ter aula, mas encontrei os portões fechados, assim voltei cerca de oito e vinte para casa, para ter uma surpresa estranhíssima. Adentrei no quarto ao ouvir barulhos suspeitos, e encontrei meu pai deitado na cama, agarrado a outro homem. Estavam os dois num combate cirrado, tanto que as roupas estavam rasgadas, e o outro homem tentava dar um golpe baixo (mordendo a genitália de meu pai). Ao notar minha presença aquele estranho homem se dispersou, graças a Deus nada mais aconteceu, penso até hoje que se não tivesse aparecido talvez meu pai tivesse morrido nas mãos daquele meliante.

Fui confortado pelo meu pai, que disse que estava a brigar com o homem, mas os dois eram amigos e isso acontecia às vezes. Disse a ele que era mesmo normal, pois eu também brigava de vez em quando com o meu melhor amigo. Ele ficou meio encabulado, não sei porquê.

Contei o fato ao sr. na ocasião, que chamou a presença de meu pai para uma conversa. Três horas depois ele reapareceu totalmente renovado, Deus tinha agido na vida dele, estava até com roupas diferentes. Oramos muito e desde então ele não bebe e nem briga, está totalmente curado.

Abraço.

Paulinho

16 comentários:

Julie' Bellamy' Turner.' disse...

FIRST!'
________________________________________________

"Estavam os dois num combate cirrado, tanto que as roupas estavam rasgadas, e o outro homem tentava dar um golpe baixo (mordendo a genitália de meu pai)".

- EU SEEEEEI O QUE ELES TAVAM FAZEEENDO (6'

"Fui confortado pelo meu pai, que disse que estava a brigar com o homem, mas os dois eram amigos e isso acontecia às vezes. Disse a ele que era mesmo normal, pois eu também brigava de vez em quando com o meu melhor amigo. Ele ficou meio encabulado, não sei porquê".

- Porque ele não quer que tu seja boiola que nem ele, se enxerga cara, teu pai tava traindo tua mãe com um outro cara u.u

Eu só venho aqui pra rir, mesmo, melhor que os sites de humor, kkk'

Cantor Edmatheus disse...

GLOREAAAAAAAAAAAAS!

Missionário J. J. Junior disse...

Paulinho meu filho, parabéns, vc é um jovem abençoado que já sabe que a violência não é Deus, e com certeza será um varão respeitado na sociedade.

Há pouco tempo me deparei com um caso semelhante em que pais aflitos vieram me procurar pois seus dois filhos e mais outros rapazes varavam as madrugadas dos fins de semana trancados no quarto entre berros, gemidos, respirações ofegantes e uivos de dor.

Mt intrigados com aquele fato, e pensando serem seus filhos gays, foram eles investigar, e por um lapso dos rapazes encontraram a porta aberta e se depararam com a seguinte situação: 7 varões de cueca boxer e sunga se atracavam em 4 colchões de casal colocados no chão.

Seus filhos explicaram que aquilo se tratava de um treino de UFC, que é uma luta que é moda entre os jovens e que se luta só de sunga.

Embora aliviados por seus filhos não sofrerem da maleita do homossexualismo, viram me perguntar acerca daquelas práticas violentas, se aquilo era correto.

Fiz um inspeção no local e uma extensa pesquisa e então expliquei a eles que aquilo é um esporte, que há regras, e que é melhor que os jovens canalizem assim suas energias, praticando um esporte no sagrado lar do que indo para a rua cheirar maconhar e fazer outras coisas caóticas.

Hj todos os filhos deles inclusive são vinzimistas fiéis e atletas de Cristo.

A Paz

Julie' Bellamy' Turner.' disse...

"Berros, gemidos, respirações ofegantes e uivos de dor"


- HMMM, BOIOLA... [X 1000]

Pastor Olemário disse...

Uma vez um bando de meretrizes coletoras de esperma invadiu meu quarto de noite e me atacaram! Briguei com as 3 de vez e venci a batalha! Esse golpe de morder o pénis é coisa de humanóide!

Rafael disse...

Não sei quem é mais burro, os caras que escrevem os posts (fakes) ou os que respondem...

Julie' Bellamy' Turner.' disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pr. Clodoaldo Malafaia disse...

Não entendia a sua afirmação, Rafael, mas ao notar que você também respondeu sou forçado a concordar.

Anônimo disse...

^HEHUHAEHEHHEHEUEUEHUEEHEHUAEHEHUEAHUEUHEUUHAEHEEUEHUAEHUEAUHAUEAHUEAHUEUHAEHUEUEHAEHHUEHEHAHEHHUEHUEHAEUHAEHUAEHUEEHUAEHEHHEHUEAHUEEH OWNED!

Anônimo disse...

Rafael,
eu acho que os burros são aqueles que respodem. Nem todos os que respodem, mas os que respodem como você respondeu.

Burro pacarai!

Anônimo disse...

O pai desse muleque é o "ex-gay" da história "pochete de Pandora", né? To ligada. UHAUAUHAHUHA
Atrapalhando o boquete do pai, que coisa feia! haha
E os filhos da outra.. kkkkkkkkkkkkkkkkk
Homossexualismo a gente até entende, agora incesto é mó zua.

Anônimo disse...

Caro "j.j.junior", o dia que eles cheirarem maconha, vão se heróis.
ps: seu nome não merece ser escrito com letra maiúscula.

Missionário J. J. Junior disse...

E o seu nome que vc não tem coragem de escrever, merece ser escrito como? Medroso? Frouxão?

Enfim eles nunca usarão drogas pq já estão salvos em Cristo através do Vínzimo, são Heróis já, Heróis em Cristo.

A Paz

Pedro Lucas disse...

nossa que merda...

Pedro Lucas disse...

Teu pai é boiolaaa kk

Anônimo disse...

IPI fazendo vc rir

Postar um comentário