segunda-feira, 19 de março de 2012

Mulher que trabalha fora se torna infértil


 Muitos são os homens de Deus que recebem em suas Congregações uma multidão inteira de mulheres procurando ajuda para engravidar. Em grande parte, tratam-se de mulheres punidas pelo Senhor, devido àlgum pecado cometido em vida, descumprimento da lei ou desobediência ao marido e ao Pastor. Porém, uma pequena leva de mulheres que viviam na vida errada pelo trabalho fora despontou como um problema sem igual para os pastores. Poucos ou nenhum dos métodos conhecidos tinham efeitos positivos nestas. Dado alarmante este, me levou a cogitar: qual mal acometia estas damas?

Como sabem, sou um Pastor que me empenho em trazer provas reais para os problemas diversos da existência humana, promovendo, à luz da verdade cristã, muitos mistérios da vida. Com essas provas logo vem a solução. Iniciei estudo do caso destas senhoras que antes trabalhavam fora e pude constatar, através de uma série de experimentos, que estas estavam inférteis devido ao próprio caráter do trabalho fora.

 Dividimos as mulheres em dois grupos, cada um contendo 10 indivíduos, as que trabalhavam fora e as que eram senhoras cristãs com seus afazeres domésticos. No primeiro grupo, 90% das mulheres tinham problemas para engravidar; os outros 10% eram omossexuais lésbicas. No segundo grupo, 100%  das mulheres eram férteis como coelhas, produzindo uma prole após a outra ( com intervalo de 1 a 2 meses de resguardo). As mulheres do segundo grupo se ocupavam em cuidar dos filhos, fazer comida e lavar as roupas. As do primeiro grupo atendiam telefones e anotavam recados ( unicos serviços, fora os do lar, que as mulheres conseguem fazer bem). 

O problema da infertilidade das mulheres do grupo 1 foi analisada. Um pastor designado tratou de observar o útero dessas mulheres enquanto elas estavam dopadas ( para não atrapalhar o andamento do trabalho). Constatou uma enorme flacidez. Essa ausência de rigidez ficou comprovada pela inexistência de uma série de estímulos térmicos e musculares. Enquanto isso, as mulheres do grupo 2 apresentavam firmeza no local. Ora, essa firmeza tinha por resultado dos estímulos físicos gerados nos atos de varrer o chão e lavar as janelas, e nos estímulos térmicos devido ao contraste entre o frio da água do tanque e o quente do fogão.

Para provar minha teoria, coloquei as mulheres do primeiro grupo para limparem a minha Igreja e meus apartamentos ( que alugo a preço módico) por dois (2) meses e também fazer comida para os funcionários da obra do mais novo edifício de nossa Igreja. No fim do período, 60% das mulheres conseguiram engravidar.  Fica claro que mais tempo se faz necessário para obter-se melhores resultados.

Podemos concluir que o serviço doméstico agrada a Deus e estimula o corpo, tornando a mulher fértil. Enquanto isso, o ato de 'trabalhar fora' desagrada ao SENHOR e torna as mulheres inférteis. Para retomar às graças do SENHOR basta a mulher largar o emprego, se casar e retomar seus afazeres: cuidar do lar.

Fica o ensinamento para as mulheres que querem ter filhos.

Pastor Paulo Tarso de Oliveira; Pastor titular da Primeira Igreja do Primeiro Impacto, Ministério do Azeite Quente.

20 comentários:

Anônimo disse...

puta que pariu vai ser ignoranta e burro assim la no cu do seu deus pastor filho de uma galinha preta depenada e morta sufocada a meia noite de uma sexta feira 13 de fevereiro seu lixo voce vai queimar no inferno junto comigo e satanas seu filho da puta. Vai estudar desgracento e largue esse livro e essa doutrina podre maldita do cristianismo.

Natanael disse...

O palavrão é o discurso do diabo, se quer a salvação não pode falar palavrão. Aceite Jesus como seu salvador e deixe este linguajar sujo ou irá se arrepender depois queimando na água do inferno.

A paz.

Aline Satanas disse...

seu bando de FILHOS DA PUTA DO CARALHO vocês não tem o que fazer não! vocês vão queimar no fogo do inferno junto comigo por dizer essas coisas e serem tão preconceituosos! o senhor e esse livro idiota nada disso existe seus retardados!
VÃO SE FUDER SEUS FILHOS DA PUTA DESGRAÇADOS DO CARALHO BANDO DE PAU NO CÚ

Lúcifer disse...

vai fazer alguma coisa que preste seu punheteiro de merda!
ah VAI SE FODER! brinks _|_

Anônimo disse...

muito bom o artigo

Anônimo disse...

Pqp, e esse povo que não se toca que este é um blog humorístico?

Pastor Olemário disse...

Por isso que eu sempre digo que lugar de varoa e cuidando da casa

Anônimo disse...

Que lixo de blog, pastor por que não fala das barbaridades que a igreja católica fez no passado, como as cruzadas por exemplo?

Pr. Waldemar Jr. disse...

Muito bem esclarecido essa matéria. O pastor poderia dar a devida autorização de minha pessoa usar esse artigo em uma palestra da salvação aqui na sede da IPI Bauru? Tenho certeza que irei converter muitos e muitas.
À paz,
Pr. Waldemar Junior
IPI Bauru/SP - Sede do Pato Convertido

Anônimo disse...

As mulheres da sua igreja precisam trabalhar para pagar os vizimos e macumbas caríssimos que vocês oferecem.
PASTOR = DIABO EM FORMA HUMANA
SEGUIDORES DESSA IGREJAS = BURROS , VÍTIMAS INDEFESAS QUE FORAM ILUDIDAS !!
BANDO DE LIXO , IGREJA MERDA.

Anônimo disse...

"Para provar minha teoria, coloquei as mulheres do primeiro grupo para limparem a minha Igreja e meus apartamentos ( que alugo a preço módico) por dois (2) meses e também fazer comida para os funcionários da obra do mais novo edifício de nossa Igreja. No fim do período, 60% das mulheres conseguiram engravidar. Fica claro que mais tempo se faz necessário para obter-se melhores resultados".

Ah! Com toda a certeza do mundo mulheres que trabalham vão perder 2 meses de suas vidas limpando igreja e apartamento dos outros. ha ha ha

Anônimo disse...

OMG! nunca vi gente tão burra assim! sinceramente nos primeiros posts eu achei q era um blog de humor....tive q pesquisar pra ve se isso era serio!kkkkkkkkk'

Anônimo disse...

VEI, NA BOA, se eu te encontrar na rua eu vou te espancar, da onde se tira essas merda de ideia

Anônimo disse...

bom saber disso...vou arrumar mais um emprego entao pois engravidar eu não quero, se trabalho é anticoncepcional entao num vou mais gastar em farmacia XD

Mulher inteligente é a que trabalha e estuda disse...

vc concluiu que teve mão de obra barata e burra...vai tomar no cu seu filho da puta...é por causa de homens feito vc que milhares de mulheres são mortas, são discriminadas, são escurraçadas.
Não acredito que em pleno século XXI tenham pessoas que acreditam nessa merda que vc escreveu.
Se hoje as mulheres têm direito a estudar,votar e trabalhar, não vai ser um babaca feito vc que vai fazer tudo isso desaparecer.
As mulheres que trabalham e estudam estão mais conscientes de direito em decidir qundo formar uma família e isso inclui quantos filhos vão querer ter.
E mais esse absurdo que vc escreveu que mulher tem que engravidar sempre após o segundo mês de resguardo é risco de vida para as mulheres, SEU MERDA.O intervalo entre gestações é de 1 ano e meio a 2 anos após o parto para o corpo se recuperar completamente e estar preparado para a próxima gestação, SEU CUZÃO.

E mais, esse outro pastor, que deve ter passado muito longe da faculdade de medicina e que avaliou o útero das mulheres, fez uma análise que mais pareceu um estupro no melhor estilo "boa noite cinderela", ainda mais porque as mulheres estavam dopadas.

A polícia já está ciente disso...pode ter certeza

Luís, seu latino quente disse...

Oi Paulinho Tarso...agora pastoreando e salvando almas,hein?Não consigo tirar da cabeça aquela vez que a gente transou até se acabar...
me liga,beijos tô todo molhadinho.
Seu Latino Quente

Anônimo disse...

Santa ignorância! Sou Cristã e trabalho fora há 17 anos e engravidei na primeira lascada! Me mostra a minha infertilidade que eu te mostro meu filho!!!! Bando de machista, isso sim!

grand chase na ceduc disse...

MINHA PRIMA TRABALHA NO ESCRITORIO E TEM dOIS FILHOS

Kukla .K. disse...

Quanta burrisse.Minha Nossa Senhora,daí sabedoria...

Anônimo disse...

Pessoas como esse pastor nao deviam nem ter nascido

Postar um comentário